Mãe. Inquieta. Lésbica. Foda-se. ▶ #Herstorytelling

Sou sapatão, me respeita! #ProjetoHisteria

Vou fazer B.O. de todo mundo que me continuar me assediando por eu lutar contra a pedofilia. Acho que ninguém quer isso, certo? Vocês são mulheres. Sabia que a maioria das mulheres que são presas na verdade é porque eram cúmplices dos machos? E que elas cumprem pena como se fossem as culpadas enquanto eles gozam de liberdade para continuar defendendo pedófilos?

image

No fundo eu agradeço porque vocês só comprovam o que eu percebo: há mulheres muito escrotas, especialmente aquelas héteras que ganham seu quinhão com a fé cristã sobre o sangue de lésbicas mortas por mãos igualmente tão cristãs!

Ó, o amor hétero e cristão e sua história de mar vermelho morto.

O ódio de vocês está aparecendo e sabe uma coisa que eu não fico?

Quieta. Melhor não mexer comigo que eu também não ando só.

Este aqui  embaixo está indo direto pro B.O. porque pra macho não tem segunda chance.

PAREM DE ME ASSEDIAR, ALIENISTAS ASSEDIADORES, PROTETORES DE PEDÓFILOS, PORNÓGRAFOS E CAFETÕES.

image

Não é boa ideia assediar uma mulher cuja expertise é sobreviver.

Sugiro que me deixem quieta no meu canto se não querem problemas, isso não é uma ameaça, é legítima defesa.

Respeita a minha luta. Sou sapatão e se eu for assassinada tudo estará nas contas de vocês. Num país feminicida em contexto de golpe contra o sistema reprodutivo feminino, se eu não deixar os assédios expostos, posso ser chamada de louca depois das denúncias.

Eis as provas de que a minha sanidade está impecável. Sou mais lúcida do que a maioria dos machos gostaria e isso incomoda.

É pra incomodar.

Licença, isto é história lésbica.

Isto é #herstorytelling.

#ProjetoHisteria é uma iniciativa que visa reunir vozes femininas para combater narrativas institucionais que promovem a cultura do estupro. Bora juntas? Produza seu conteúdo com a hashtag e ajude a aprofundar as discussões. Há muitas narrativas pedófilas na internet que precisam ser combatidas, precisamos reunir materiais que criem um outro tipo de cultura a partir da literatura contemporânea digital. Esta é a proposta geral do #ProjetoHisteria. Vamos juntas por favor. Pelas meninas. Eu tô tendo um trabalho enorme pra fazer isso. Não me deixem sozinha no meio do caminho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

HTML básico é permitido. Seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine este feed de comentários via RSS

%d blogueiros gostam disto: