Mãe. Inquieta. Lésbica. Foda-se. ▶ #Herstorytelling

A inquietude de uma língua #ProjetoHisteria

Sou poeta autodidata, como qualquer poeta. Afirmo que a poesia, na Língua Portuguesa Brasileira, é a subversão da estrutura da língua imposta que sequestrou línguas nativas e sequestradas de povos africanos. Um poema é subversão à estrutura sintática da língua que nos colonizou.

image

Um chute no saco do sujeito. A humanização do objeto. Ruptura metalinguística.

Um poema escrito por uma mulher lésbica é o registro de uma realidade, não de uma fantasia humana.

Leia as inquietudes linguísticas desta lésbica que vos fala no meu blog de poemas: Língua Inquieta

Não se assustem porque os posts antigos são do pior lado da minha vida: quando eu ainda estava presa à heterossexualidade compulsória. Muita coisa lá me dá ânsia de vômito.

Um oferecimento, #ProjetoHisteria contra as narrativas que promovem cultura do estupro & #MulherArtistaResista pela visibilidade das artes produzidas pelo sexo feminino 💪👊

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

HTML básico é permitido. Seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine este feed de comentários via RSS

%d blogueiros gostam disto: