Mãe. Inquieta. Lésbica. Foda-se. ▶ #Herstorytelling

Beatriz Silveira não foi vítima de Alienação Parental

Agora os defensores de teorias pedófilas no meio da psicologia estão usando uma MÃE que se matou por não ser ouvida pelo judiciário pra dizer que ela morreu por causa de “Alienação Parental”

BEATRIZ SILVEIRA NÃO SE MATOU POR CAUSA DE “ALIENAÇÃO PARENTAL”.

Liliane Santi, psicóloga da Campinas, defensora das teorias pedófilas norte-americanas, está culpando o judiciário que “não leu Richard Gardner” e diz que foi falta de preparo e reciclagem dos responsáveis por analisar psicologicamente as partes sem nunca ter tido contato com as teorias sobre Alienação Parental, de autoria do autor citado acima.

Richard Gardner foi um ativista pedófilo que, por toda a vida, defendeu pedófilos na corte norte-americana. Quando passou a ser investigado, se matou. Agora as teorias do pedófilo Richard Gardner estão sendo importadas e promovidas por grupos que se camuflam sob o manto da “utilidade pública” para promover defesa de pedófilos aqui, no Brasil, o país com a maior concentração de pedófilos no mundo. Sem o menor pudor, usam o sofrimento de uma mulher que não poderá se defender para comprovar uma tese que seria incomparável sem o uso da MENTIRA.

Aqui, no Brasil, um país em que mais de 550 mil meninas entre 11 e 17 anos estão vivendo em casamentos ilegais, tendo suas vidas sequestradas por causa de estupro e gravidez OBVIAMENTE PROVOCADA PELO SEXO MASCULINO, com pouco ou nenhum acesso a estudo, porque foram territorializadas pela maternidade e pela dependência econômica.

Pedófilos adoram tirar o direito das meninas à educação.

Pedófilos adoram queimar bruxas. Richard Gardner foi um pedófilo e se os profissionais de psicologia de dentro das varas da família precisam de algum tipo de reciclagem, com certeza eles precisam reciclar tudo o que conhecem sobre violência sexual contra crianças, especialmente contra meninas.

Espero que a psicóloga Liliane Santi compreenda sua responsabilidade e venha a público promover a verdade sobre o autor das teorias da Alienação Parental, desculpando-se com a família pelo grave equívoco cometido em relação às memórias de uma mulher que tirou a própria vida.

Relato do genitor

image

image

Relato do filho (identificação apagada pois trata-se de um menor de idade)

image

Anúncios

2 Respostas para “Beatriz Silveira não foi vítima de Alienação Parental”

  1. Marina

    Que absurdo! Este homem a provocava ! Vejam no face dele em 2014 falando sobre psicopatas a provocando! Babaca! Egoísta cretino!

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

HTML básico é permitido. Seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine este feed de comentários via RSS

%d blogueiros gostam disto: