Mãe. Inquieta. Lésbica. Foda-se. ▶ #Herstorytelling

Sobre afetividade heterossexual masculina

Os machos héteros apelidam-se carinhosamente de viados e ficam felizes demais quando são chamados assim de uma forma que aquilo pareça ironia mas a gente sabe que não é. Pra sapatão este código de afetividade é muito explícito. É um orgulho de esconder a homoafetividade que chega a quase dar pena, quase, quase. É isso que é orgulho de ser hétero. É um orgulho de tentar porcamente esconder que a sua orientação original vem de um tipo de química sexual humana que não tem como produzir outro ser humano. Como a política sexual é a política de reprodução, os machos héteros vivem assim, comendo pelas beiradas, mantendo a masculinidade, vivendo de fachada chamando bff de viado como se quisesse ofender e xingar mas na verdade quer é dar uns beijo que a gente tá ligada.

– Ô, viado, vai lá no futebas sabadão? Breja, churras, várias minas vão colar… Vai ser top, mano!

Lógico, os machos héteros precisam sempre reforçar uns para os outros que, a qualquer lugar que eles possam ir, lá estarão de vara na mão pra fisgar seus cardumes de mulheres enquanto trocam afetividades, negociam propriedades e conceitos só e somente entre eles, tão racionais, tão sensíveis, tão conhecedores da Verdade e da Beleza.

A afetividade masculina é narcisística. Talvez pensem eles que são deuses e seus paus, os filhos feitos à imagem e semelhança que têm vida própria e podem entrar em cada canto do planeta. Qualquer buraco, qualquer sala, qualquer espaço, qualquer tudo: um totem é sempre bem-vindo assim como deus é onipresente e tudo vê, tudo sabe, tudo toca, tudo pode. Por terem essa afetividade narcisística com seus próprios órgãos sexuais, veem-se uns aos outros com tanta empatia que o sofrimento da exclusão do falo de um homem de determinado espaço – inclusive exclusão da vagina de uma mulher que ousou rejeitar o acesso peniano – causa comoção e perplexidade geral em qualquer ser dotado de pênis.

A afetividade heterossexual masculina eu acho ainda mais afetada do que a afetividade homossexual masculina. Juro. Porque os caras fazem tanto pra esconder da sociedade que gostam de sexo impossível de fazer nascer um novo ser humano que o afetamento para o segredo afeta toda a capacidade cognitiva deles. Eles vivem em função de foder com força esses seres tão desprezíveis que eles são obrigados a foder para compensar o desprezo pela própria humanidade, que é o que fazem quando dão o cu mas a família não pode sonhar.

Não há nada de mais pernicioso no mundo do que um macho branco viadíssimo dentro do armário. Estes são os seres mais invejosos do planeta Terra. Querem dominar tudo porque sabem que têm pouco a oferecer.

Na verdade eles não têm nada. Ou talvez eles sejam bonzinhos e eu, bem, só mais uma bruxa ameaçada com o fogo da Inquisição pós-moderna.

“Dizer que um homem é heterossexual implica somente que ele mantém relações sexuais exclusivamente com o sexo oposto, ou seja, mulheres. Tudo ou quase tudo que é próprio do amor, a maioria dos homens hétero reservam exclusivamente para outros homens. As pessoas que eles admiram; respeitam; adoram e veneram; honram; quem eles imitam, idolatram e com quem criam vínculos mais profundos; a quem estão dispostos a ensinar e com quem estão dispostos a aprender; aqueles cujo respeito, admiração, reconhecimento, honra, reverência e amor eles desejam: estes são, em sua maioria esmagadora, outros homens. Em suas relações com mulheres, o que é visto como respeito é gentileza, generosidade ou paternalismo; o que é visto como honra é a colocação da mulher em uma redoma. Das mulheres eles querem devoção, servitude e sexo. A cultura heterossexual masculina é homoafetiva; ela cultiva o amor pelos homens.”
– Marilyn

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

HTML básico é permitido. Seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine este feed de comentários via RSS

%d blogueiros gostam disto: