Mãe. Inquieta. Lésbica. Foda-se. ▶ #Herstorytelling

Mulheres com vagina não devem nada às trans

Uma mulher trans nunca vai morrer por aborto e nem ter toda a sua vida explorada por meio da maternidade. Atualmente são 550 mil garotas, SEXO FEMININO, entre 10 e 17 anos que vivem em relacionamentos I-L-E-G-A-I-S com homens mais velhos – SEXO MASCULINO – no Brasil, ALÔ CULTURA DA PEDOFILIA, com acesso reduzido ou nenhum acesso a educação e mercado de trabalho. Sabe qual a punição pra juiz que prostituiu menina? APOSENTADORIA. Sério! Google isso! O Estado de exceção do judiciário que agora pode atingir o ex-presidente Lula já existe para pessoas do sexo feminino quando estupradores não vão presos. Tem transativista falando sobre isso? Tem não senhora!

image

Mulheres trans estão cagando e andando para o fato de que a opressão das mulheres é sexual e pior, SE OFENDEM QUANDO FALAMOS QUE SOFREMOS PORQUE TEMOS BUCETA SENDO QUE É PORQUE TEMOS BUCETA QUE SOMOS ENGRAVIDADAS, que somos socializadas pra cuidarmos de filhos, cuidarmos da casa, cuidarmos de tudo, inclusive delas dentro do nosso próprio movimento. Somos socializadas para os cuidados e essa socialização tem como consequência 9% de representatividade do sexo feminino na política, porque mulher cuida de criança e da casa e homem constrói a sociedade. A vivência de uma mulher nascida com vagina é completamente diferente da socialização de uma mulher trans. Só as nascidas com vagina são obrigadas a ter filho ou a limpar privada em vez de ir estudar! Não preciso nem dizer que as maiores vítimas disso são as mulheres negras, certo? São 16 milhões de meninas, do sexo feminino, sem acesso acesso educação ao redor do mundo por serem do sexo feminino. E as salas de aula em São Paulo continuam fechando, o que já está prejudicando ainda mais o acesso do sexo feminino à educação, bem como a acesso de mães trabalhadoras ao mercado de trabalho!

image

São 91% de pessoas do SEXO MASCULINO escrevendo, operando e garantindo a manutenção de LEIS que pioram as vidas das pessoas do sexo feminino e ainda temos que lidar com gente dentro da nossa luta querendo que a gente não nomeie que a nossa opressão é sexual?

Pelamor!

A gente pode sim respeitar a identidade das mulheres trans, isso não é nada difícil para nós, inclusive já temos feito isso, massivamente temos feito. E elas, vão respeitar nossa materialidade? Vão respeitar o fato de que a nossa opressão é sexual, não identitária, que ela acontece a partir do nosso sexo? Porque se não respeitarem a gente não deve respeito algum em troca. Respeito é via de mão dupla! Não devemos respeito a quem nos silencia. E se reagirmos agressivamente será resposta da oprimida, não violência do opressor!

image

Se o BÁSICO do respeito às pessoas do sexo feminino não é possível, se não é possível entender que as mulheres são exploradas a partir de nossos sistemas reprodutivos para que não tenhamos acesso ao poder legislativo, para que não libertemos nossos úteros, para que fiquemos em casa servindo aos homens cuidando das crianças que eles ajudam a colocar no mundo sem a menor intenção de participar da educação delas, impedindo-nos de criarmos leis que acabem com a cultura do estupro, cultura que obriga mulheres à maternidade,  por que raios nós temos de ser obrigadas a agir como se essas pessoas não fizessem parte da classe que nos oprime?

Assista aqui ao vídeo da Caitlyn Jenner afirmando que o candidato à presidência Donald Trump pode ser bom para as pautas das mulheres (infelizmente em inglês).

CONCLUINDO: MULHERES TRANS NÃO PROTAGONIZAM A MINHA LUTA. Não são pessoas do sexo feminino matando mulheres trans, são pessoas do sexo masculino estuprando e matando pessoas do sexo feminino. Não vou aceitar que digam que as minhas mãos estão sujas com sangue de mulheres trans brancas. Eu sou lésbica. Ninguém está contando quantas lésbicas morrem pra vir querer me culpabilizar por uma cultura que foi construída pelo sexo masculino, uma cultura que também me extermina mas ninguém vê.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

HTML básico é permitido. Seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine este feed de comentários via RSS

%d blogueiros gostam disto: