Mãe. Inquieta. Lésbica. Foda-se. ▶ #Herstorytelling

Da ditadura militar pra cá

Muita coisa mudou da ditadura militar pra cá. Principalmente em acesso a educação e erradicação da fome. A gente tem que contextualizar a colonização nisso tudo. Militarismo foi feito pra proteger poderosos e instituições, não o povo. É o que a gente percebe quando vê PM batendo e prendendo estudante e promovendo genocídio indígena e da juventude negra. Não poder lutar por educação é inaceitável. Roubar merenda de crianças? Eu fico puta, a educadora em mim se estarrece com o momento que o povo vive.  Aliás o que seria o povo? O povo é diverso, essa universalização do povo é equivocada. Há diversos lugares de fala dividindo o que chamamos de povo. E há diversas formas de poder sendo divididas entre o povo. Lembrando que quando se fala em poder a gente pensa em poder de tirar a vida, poder de estuprar, poder de explorar.

image

Crédito: Jornalistas Livres

Resumindo, eu espero que o que há de representatividade feminina atualmente na política, cerca de 10% aproximadamente, suba drasticamente nos próximos anos. Parece que enquanto a lei for escrita e dita por homens o poder vai ser um bastão passado de homem pra homem, espero que a política deixe de ser um clube do Bolinha porque educação é o problema e homens dificilmente priorizam isso. Prova: quem é responsável por garantir a educação dentro de casa é a mãe, pai contribui com dinheiro e acha que tá fazendo mais do que a obrigação, isso quando não espalha por aí ou diz pro juiz que a mulher engravidou só por causa do dinheiro, como se mulheres que objetificassem homens e não o completo contrário. Que mulher iria querer engravidar por qualquer dinheiro que fosse se soubesse que a maternidade faria dela uma serva pro resto da vida? Nenhuma.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

HTML básico é permitido. Seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine este feed de comentários via RSS

%d blogueiros gostam disto: