Mãe. Inquieta. Lésbica. Foda-se. ▶ #Herstorytelling

Contra-onda

O backlash vem de onde a gente menos espera. Abram os olhos. Confiar em mulheres é tudo o que a gente quer, é o sonho em que gostaríamos de viver, mas não dá pra romantizar o que o nosso corpo e as nossas mentes já tinham aprendido: que quase ninguém é confiável. Que vão usar suas vulnerabilidades pra te atacar, mais cedo ou mais tarde. Se a gente tem medo de confiar, é porque a vida ensinou assim. Não confie. Escuta a história do teu corpo e o que ele pede. Sem motivos concretos para a confiança, não confie. Espera. Observa. Chega perto. Espia. Tateia. Não se renda ao desespero de precisar de ouvidos. A solidão, na pior das hipóteses, é um ótimo escudo.

Desculpem, mas às vezes um pouco de pessimismo cai bem. Otimismo demais é deslumbre. Vamos aprender com os erros.

Este é um lembrete, sobretudo, para mim. Mas compartilho porque pode servir pra alguém.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

HTML básico é permitido. Seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine este feed de comentários via RSS

%d blogueiros gostam disto: