Mãe. Inquieta. Lésbica. Foda-se. ▶ #Herstorytelling

Do verdadeiro amor

Devagar, devagar, era tudo o que ela queria. Beijos leves na nuca arrepiando a pele do corpo inteiro. Frio na espinha. O momento presente. Dedos leves caindo pelos braços de olhos fechados. Atenta, agora, aqui. Não queria chegar a lugar algum. Queria beijos na boca, olhos nos olhos, uma pequena timidez que a fizesse olhar pra baixo, sorrir e fechar os olhos para então se soltar. E um abraço de quem compreendia que a timidez tem raiz e que tudo bem, tudo bem, ela não precisava dizer nada, ela só precisava sentir. Era pra isso que eles estavam ali. Para que a nudez fosse aos poucos sendo motivo de contemplação. Não a nudez do corpo: a nudez da intimidade. Intimidade de quem tem ouvidos de ouvir, coração de perceber. Devagar, devagar. Dentro do abraço dele se demorar. Sentir que ele a desejava com toda sua história, com todo seu passado, com tudo o que fazia com que ela fosse aquela moça bonita que ele amava. Sentir que ele desejava não só aquele corpo dentro de uma calcinha bonita. Calcinha que se encontrava com sua cueca preta boxer, roçando e pressionando, tecidos finos e leves que não permitiam que o desejo dele se fizesse de rogado. Mas o desejo dele podia esperar. Devagar, devagar. Porque o desejo dele desejava o desejo dela. O desejo dela precisava vencer tanto medo, tanta culpa, tantas memórias tristes. O desejo dela era luta. O desejo dela para chegar ao corpo precisava ser aceito pela alma. Pela dela. E ele esperava, porque sabia que se ela percebesse que ele a aceitava, então a luta se transformaria lentamente na vitória da entrega. Da sintonia. Do verdadeiro amor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

HTML básico é permitido. Seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine este feed de comentários via RSS

%d blogueiros gostam disto: